Skip to main content

Me hospedando com locais: minha quase experiência ruim

Publiquei minha viagem no Couchsurfing em Hong Kong. Estava procurando por meu primeiro anfitrião em um país desconhecido.

Um cara me respondeu e já estava tudo certo para ficar na casa dele quando, uma semana antes da  minha ida, ele disse que tinha que viajar por causa do trabalho. Foi aí que contactei um outro cara que já tinha me oferecido hospedagem.

Li na página dele que ele tinha um sofá pequeno ou que a pessoa poderia dormir na cama com ele. Foi meu primeiro choque. Mas lendo sobre as muitas boas recomendações a respeito dele vi que realmente algumas pessoas dormiam com ele haha, não seria o meu caso. Iria me contentar em tentar me encaixar no sofazinho.

Conversa vai, conversa vem, ele me disse que o sofá era muito pequeno. Eu disse que ia tentar o sofá mesmo. Aí ele me disse que era melhor eu dormir com ele que não iria acontecer nada que eu não quisesse mas que rolava trocar uns carinhos.

Como assim gente? Isso é couchsurfing ou site de relacionamento? Tem gente por aí que não sabe a diferença.

Como esse não era meu objetivo fui para um hostel mesmo.

Como tinha publicado minha viagem, uma garota me falou que não poderia me acomodar mas que poderíamos fazer atividades junto. E como eu já disse em um artigo antes, um outro objetivo do CS é encontrar companhia para fazer atividades. No dia marcado já haviam várias pessoas no mesmo grupo. Combinamos com “a local” de irmos no mercado onde encontraríamos pratos típicos a um preço camarada. Foi tudo muito legal. Depois do mercado eles ainda foram para uma baladinha.

Conversa vai, conversa vem, surgiu o assunto do cara do sofá. E sabe o que é incrível? Todas as meninas já tinham sido assediadas antes por ele, inclusive a local. Depois disso não encontrei esse carinha mais no CS. Acho que alguém o denunciou.

Apesar desse episódio chato eu indico muito o Couchsurfing. Tive muito mais experiências boas do que ruins.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: