Skip to main content

Me hospedando com locais: outra ótima experiência.

Meu host em Praga é uma pessoa muito boa, tranquila e com um coraçãozão. Fui de ônibus e ele ficou de me buscar na estação. O ônibus atrasou uma hora e, como eu não tinha internet, não consegui avisá-lo. Aí fiquei apertada. Isso já era noite e eu já estava pensando num plano B. Quando cheguei, ele estava me esperando com a maior cara boa. Eu pedi mil desculpas. Aí ele disse que não tinha problema porque o atraso não era minha culpa. Tão doce.

A nossa rotina era, enquanto ele trabalhava, eu passeava. E eu tinha a chave do apto dele. Aí quando eu chegava, nós íamos para a cozinha. Ele cozinhava enquanto tomávamos um chá ou um vinho e conversávamos sobre todos os assuntos possíveis, principalmente sobre curiosidades de outros países e culturas. E assim passamos todos os dias em Praga. Além das tardes juntos, ele conseguiu me levar para conhecer alguns pontos turísticos.

Quando fui embora deixei para ele moedinhas de várias países que eu já tinha ido, inclusive Asia, para ajudar na sua coleção. Ele adorou.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: